Avenida Koeller, 260
Petrópolis (RJ),
CEP: 25685-060

cmv@petropolis.rj.gov.br

(24) 2246-9235

Filho de agente da repressão em Petrópolis dá testemunho à CMV

Na entrevista, Marcos fala sobre sua história de vida e os conflitos com o pai,

 o jornalista e chefe do DOPS em Petrópolis Wilson Madeira

Marcos Aurelio Reis Madeira é professor de Redação e literatura da Secretaria do Estado de Educação/RJ, mestre em Comunicação pela UFRJ. Estudou no Colégio WERNECK, em Petrópolis, R.J. e foi da turma de 1966 do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (curso de Estradas). Filho de Wilson Madeira, comissário de polícia e principal agente da repressão em Petrópolis no período de 1966 a 1969, separou-se da família nos idos de 1968. Participou ativamente da luta estudantil e, em 1974, vinculou-se à Aliança Libertadora Nacional (ALN). Em seu testemunho para a Comissão Municipal da Verdade de Petrópolis, Marcos Madeira deixa evidente como a ideologia não apenas divide a sociedade mas dilacera relações pessoais e familiares.

O testemunho completo está disponível no Youtube

Share